BLOG382.jpg

New Location – IAPC Nov. 2021 Conference – Washington, D.C.

10 May,  2021

Veja as fotos da conferência aqui .

Cerca de 120 participantes de 26 nações pareceram profundamente impressionados com a 52ª Conferência Mundial da IAPC, que ocorreu em um cruzeiro pelo rio Danúbio de Passau a Viena de 8 a 12 de novembro de 2019. Sob a pergunta geral da conferência: “Democracia sob pressão?”, cerca de cinquenta palestrantes fizeram apresentações e discutiram o desenvolvimento mundial da democracia, além de revelar as últimas tendências em campanhas políticas.

Um excelente começo com Max Zirngast

A conferência começou com o jornalista austríaco Max Zirngast, que havia sido indiciado na Turquia em 2018 por pertencer a uma organização terrorista e passou mais de três meses em uma prisão de alta segurança antes de ser absolvido em setembro de 2019. Ele não apenas descreveu os acontecimentos na Turquia, mas também apresentou uma revisão global que confirma preocupações legítimas sobre o estado da democracia em todo o mundo. A introdução foi apresentada pelo ex-presidente da IAPC, Volker Riegger. Além disso, a sessão “Democracia em Perigo” também apresentou vários exemplos de países ao redor do mundo onde a qualidade da democracia foi comprometida. A este respeito, uma discussão sobre a situação na América Latina, Rússia e Escandinávia foi organizada por Faye Diamond / EUA e contou com Mauricio De Vengoechea / Colômbia, Ekaterina Egorova / Rússia, bem como Torbjörn Sjöström / Suécia.

A ascensão das mulheres e o desafio que enfrentamos

A primeira manhã da 52ª Conferência Mundial terminou com uma estimulante mesa redonda sobre o papel e os desafios das mulheres na sociedade. Organizado pela Mina Jordeby / Suécia, o debate contou com a presença de Regula Bühlmann / Suíça, Ondine Fortune / EUA, Milica Katic / Sérvia e Justine Gaspar / Malta.

Visita ao Memorial de Mauthausen

A tarde do primeiro dia da conferência foi marcada pela comemoração dos horrores da Segunda Guerra Mundial. A visita guiada ao antigo campo de concentração de Mauthausen perto de Linz e, em particular, a observação de um minuto de silêncio no campo da chamada com leituras de Faye Diamond e Marcel Wieder foi uma experiência extremamente preocupante para muitos dos participantes. O evento foi encerrado com uma apresentação do ex-presidente austríaco, Dr. Heinz Fischer, sobre “Democracia sob pressão - aprendendo com o passado”, apresentado por Sepp Hartinger / Áustria. Em seu discurso, o Dr. Fischer lançou uma luz detalhada sobre o pano de fundo dessa história e apontou as lições a serem aprendidas com ela.

Europa como a liderança para o segundo dia

O segundo dia da conferência começou com uma sessão sobre a Europa e a UE, na qual o ex-primeiro-ministro da Eslovênia e eurodeputado de longa data Alojz Peterle, bem como Andreas Pfeifer, chefe do departamento editorial de política externa da Austrian Broadcasting Corporation ORF e Gerda Füricht-Fiegl, da Danube University Krems, examinou vários problemas e esboçou caminhos e soluções. A sessão foi organizada por Susanne Hartinger / Áustria.

Novas tendências na comunicação política

Um outro foco temático consistiu em apresentações sobre as últimas tendências de todo o mundo. Os participantes acompanharam as apresentações com grande interesse. Apresentado pela Coordenadora do Programa Melissa Cressey / EUA, notícias empolgantes de uma ampla variedade de disciplinas de campanha foram apresentadas por Feyi Akindoyeni da Austrália, bem como Adam Hyland, Aubrey Montgomery, Josh Nanberg e Brent Buchanan dos EUA.

Sessão da Áustria na Universidade do Danúbio

Uma das principais questões discutidas na Universidade do Danúbio à tarde foi o estado da política austríaca. Apresentado por Christoph Hofinger, este segmento contou com contribuições de Katrin Praprotnik, Tamara Ehs e Judith Kohlenberger. Uma inspiradora degustação de vinhos em Nikolaihof, a vinícola mais antiga do mundo, e uma visita noturna exclusiva à galeria de arte Krems completaram a programação do dia antes do cruzeiro da conferência partir para Viena.

Política dos EUA e eleições em todo o mundo

O terceiro dia da conferência começou com uma apresentação como convidado de Jim Gilmore, o Embaixador Americano na Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE). Ele enfatizou a importância da organização para o mundo antes de se dedicar ao seu tema: “O presidente Trump mudou a democracia?” A sessão foi organizada por Tom Edmonds / EUA. Em seguida, as avaliações sobre a eleição presidencial dos EUA em 2020 foram delineadas por Doc Sweitzer para os democratas dos EUA e Matt Klink para os republicanos dos EUA em um segmento apresentado por Dave Catanese antes de Kehinde Bamigbetan / Nigéria, Marilu Brajer / Argentina, Marcel Wieder / Canadá, Necati Özkan / Turquia e Jan Juul Christensen / Dinamarca apresentaram campanhas eleitorais de todo o mundo em uma sessão presidida por Crystal Martin / EUA.

Prêmio da Medalha Democracia da IAPC como grande final

A parte oficial da 52ª Conferência Mundial foi concluída com a entrega da Medalha da Democracia do IAPC para Ekrem Imamoglu, o novo prefeito de Istambul. O prêmio foi recebido em seu nome por Emrah Sahan, coordenador do projeto da campanha eleitoral de Istambul, em particular por conduzir uma campanha eleitoral sem agressão e por seus esforços como pacificador após as primeiras eleições terem sido anuladas em Istambul.

Visita a UNO-City Vienna

Outro destaque do programa que acompanhou foi uma visita guiada à UNO-City Vienna e uma apresentação feita por Martin Nesirky, Diretor da UNIS Vienna.

O prêmio pelo conjunto da obra foi para Sepp Hartinger

Durante o jantar de gala final a bordo, Sepp Hartinger, Áustria, membro da IAPC desde 1982 e seu presidente de 1999-2001, recebeu o "Prêmio Joe Napolitan & Michel Bongrand Founder pelo conjunto de sua obra" pelos serviços que prestou a a Associação. Depois de Bo Krogvig / Suécia e Jon Gaul / Austrália, ele é o terceiro membro da IAPC a receber esta homenagem.

Novo Conselho de Administração

Além disso, uma reforma estrutural abrangente, preparada pelo Presidente Mehmet Ural, foi adotada na Assembleia Geral da CIPA. Isso proporciona uma redução drástica no número de membros do conselho e uma atribuição fixa de responsabilidades para cada membro individual do conselho. O novo Conselho de Administração de 13 membros foi eleito na Assembleia Geral Ordinária e deverá iniciar as suas funções a 1 de janeiro de 2020. É composto da seguinte forma:

  • Presidente: Mauricio De Vengoechea, Colômbia

  • Tesoureira: Melissa Cressey, EUA

  • Secretário-geral: Matt Klink, EUA

  • Vice-presidente, membros: Marilu Brajer, Argentina

  • Vice-presidente, conferências e eventos: Crystal Martin, EUA

  • Vice-presidente de arrecadação de fundos: Wayne Johnson, EUA

  • Vice-presidente de comunicações: Necati Özkan, Turquia

  • Vice-presidente, prêmios: Mina Jordeby, Suécia

  • Membro do Conselho, Membro: Marcel Wieder, Canadá

  • Membro do Conselho, Conferência e Eventos: Justino Pereira, Brasil

  • Membro do Conselho, arrecadação de fundos: Sal Russo, EUA

  • Membro do Conselho, Comunicação: Kurtis Adigba, Nigéria

  • Membro do Conselho, Prêmios: Feyi Akindoyeni, Austrália

Impressões inesquecíveis

Ao todo, a 52ª Conferência Mundial, que foi realizada pela primeira vez em um cruzeiro fluvial, ofereceu impressões únicas, tanto em relação aos palestrantes quanto ao programa que os acompanhou. A descoberta de tão magníficas paisagens ao longo do Danúbio também ajudará a 52ª Conferência Mundial a ser lembrada por todos aqueles que participaram dela. Neste ponto, desejamos expressar nossa gratidão especial a todos os participantes e palestrantes, e em particular a Melissa Cressey como presidente do programa, Sepp Hartinger como presidente da conferência, bem como a todos os nossos patrocinadores e toda a equipe da Hartinger Consulting pela implementação e organização deste evento.

joe-1.webp

Statement by Maurucio de Vengoechea, IAPC President, on the Seamless Transition of Power with Inauguration of President Joe Biden

20 January 2021

Mauricio de Vengoechea, president of the International Association of Political Consultants (IAPC), issued this statement following yesterday’s Inauguration of President Joseph R Biden, Jr.:

“Yesterday’s inauguration of President Joseph R. Biden as the 46th president of the United States struck the right tone for an American nation that has experienced such tremendous division during the past four years and especially during the past two weeks’ turmoil.

“By focusing his remarks on unity, decency and renewing America, President Biden’s call to ‘stop the shouting and lower the temperature’ will hopefully help cool political temperatures in Washington, D.C.

“The peaceful transition of power is a hallmark of elections around the world. The events of January 6 highlighted that even in America, one of the world’s most stable democracies, it is fragile and must be protected.

About the IAPC:

Since 1968, the International Association of Political Consultants, an organization of political consultants worldwide, has committed itself to fostering democracy and the democratic process throughout the world. Learn more at www.iapc.org.

adobestock-308855241-jpeg_header-9575392

Statement by Maurucio de Vengoechea, IAPC President, on Today's Events at the U.S. Capitol 

06 January 2021

MIAMI, FLA. (January 6, 2021) – Mauricio de Vengoechea, president of the International Association of Political Consultants (IAPC), issued the following statement:

“Today is a dark day for democracy, the democratic process and the peaceful transition of power. On the day when the United States Congress undertakes its solemn and constitutionally mandated responsibility to officially count Electoral College votes, supporters of Donald Trump’s fraudulent election claims marched on the Capitol and rioted. These despicable acts resulted in at least one death, desecrated the U.S. Capitol and represent images often seen on television in other countries around the world.

 

“Since November 3, vast segments of the American public have been bombarded with Donald Trump’s claims that the election was stolen and results were fraudulent. None of these spurious claims have been proven. In fact, they have all been disproven in court.

 

“Today’s violence and disorder highlights that democracy is fragile. But hope springs eternal for a brighter day. America’s leaders must do better – if not immediately then on January 20 and thereafter. American voters and democracy deserve better.

 

“With more than 50 years as a global champion of democracy, the IAPC believes these events underscore the importance of ethical leadership, election transparency, respect for the facts and understanding and respect of due process in constitutional democracies.

 

About the IAPC:

Since 1968, the International Association of Political Consultants, an organization of political consultants worldwide, has committed itself to fostering democracy and the democratic process throughout the world. Learn more at www.iapc.org.

717A1080.jpg

52nd IAPC World Conference on the Danube delighted the participants

19 December 2019

View conference photos here.

Some 120 participants from 26 nations appeared deeply impressed by the 52nd IAPC World Conference, which took place on a Danube river cruise from Passau to Vienna from 8 to 12 November 2019. Under the general question of the conference: “Democracy under pressure?”, around fifty speakers gave presentations and discussed the worldwide development of democracy in addition to revealing the latest trends in political campaigning.

An outstanding start with Max Zirngast

The conference began with the Austrian journalist Max Zirngast, who had been indicted in Turkey in 2018 for membership of a terrorist organization and spent over three months in a high-security prison before being acquitted in September 2019. He not only outlined developments in Turkey, but also presented a global review that confirms legitimate concerns about the state of democracy around the world. The lead-in was presented by former IAPC President Volker Riegger. Furthermore, the “Democracy in Danger” session also featured numerous examples from countries around the world where the quality of democracy has been compromised. In this regard, a discussion on the situation in Latin America, Russia and Scandinavia was hosted by Faye Diamond / USA and featured Mauricio De Vengoechea / Colombia, Ekaterina Egorova / Russia as well as Torbjörn Sjöström / Sweden.

The Rise of Women and the Challenge We Face

The first morning of the 52nd World Conference ended with a stimulating round table discussion on the role and challenges of women in society. Hosted by Mina Jordeby / Sweden, the discussion featured Regula Bühlmann / Switzerland, Ondine Fortune / USA, Milica Katic / Serbia and Justine Gaspar / Malta.

Visit to the Mauthausen Memorial

The afternoon of the first day of the conference was marked by a commemoration of the horrors of the Second World War. The guided tour through the former Mauthausen concentration camp near Linz and, in particular, the observation of a minute’s silence at the roll call ground with readings by Faye Diamond and Marcel Wieder was an extremely sobering experience for many of the participants. The event concluded with a presentation by former Austrian President Dr Heinz Fischer on “Democracy under pressure – learning from the past”, who was introduced by Sepp Hartinger / Austria. In his address, Dr Fischer shed detailed light on the background to this history and pointed to the lessons to be learned from it.

Europe as the lead-in to the second day

The second day of the conference began with a session on Europe and the EU in which the former Prime Minister of Slovenia and long-time MEP Alojz Peterle as well as Andreas Pfeifer, head of the foreign policy editorial department of the Austrian Broadcasting Corporation ORF and Gerda Füricht-Fiegl from Danube University Krems examined various problems and outlined ways and solutions. The session was hosted by Susanne Hartinger / Austria.

New trends in political communication

A further thematic focus consisted of presentations on the latest trends from all over the world. Participants followed the presentations with great interest. Hosted by Program Chair Melissa Cressey / USA, exciting news from a wide variety of campaigning disciplines was presented by Feyi Akindoyeni from Australia as well as Adam Hyland, Aubrey Montgomery, Josh Nanberg and Brent Buchanan from the USA.

Austria session at Danube University

One of the key issues discussed at Danube University in the afternoon was the state of Austrian politics. Hosted by Christoph Hofinger, this segment featured contributions by Katrin Praprotnik, Tamara Ehs and Judith Kohlenberger. An inspiring wine tasting at Nikolaihof, the world’s oldest winery, and an exclusive nighttime visit to the Krems art gallery completed the day’s schedule before the conference cruiser set off for Vienna.

US politics and elections around the world

The third day of the conference began with a guest presentation by Jim Gilmore, the American Ambassador to the Organization for Security and Cooperation in Europe (OSCE). He emphasized the organization's importance to the world before dedicating himself to his theme: “Has President Trump changed democracy?” The session was hosted by Tom Edmonds / USA. Following this, assessments regarding the 2020 US presidential election were outlined by Doc Sweitzer for the US Democrats and Matt Klink for the US Republicans in a segment hosted by Dave Catanese before Kehinde Bamigbetan / Nigeria, Marilu Brajer / Argentina, Marcel Wieder / Canada, Necati Özkan / Turkey and Jan Juul Christensen / Denmark presented election campaigns from across the world in a session chaired by Crystal Martin / USA.

Award of the IAPC Democracy Medal as a grand finale

The official part of the 52nd World Conference concluded with the award of the IAPC Democracy Medal to Ekrem Imamoglu, the new mayor of Istanbul. The award was received on his behalf by Emrah Sahan, project coordinator of the Istanbul election campaign, in particular for conducting an election campaign without aggression and for his efforts as a peacemaker after the first elections had been annulled in Istanbul.

Visit to UNO-City Vienna

Another highlight of the accompanying program was a guided tour of UNO-City Vienna and a presentation given by Martin Nesirky, Director of UNIS Vienna.

The lifetime achievement award went to Sepp Hartinger

During the final gala dinner on board, Sepp Hartinger, Austria, a member of the IAPC since 1982 and its President from 1999-2001, was awarded the “Joe Napolitan & Michel Bongrand Founder Award for Lifetime Achievement” for the services he has rendered to the Association. Following on from Bo Krogvig / Sweden and Jon Gaul / Australia, he is the third member of the IAPC to receive this honor.

New Board of Directors

In addition, a comprehensive structural reform, prepared by President Mehmet Ural, was adopted at the IAPC General Assembly. This provides for a drastic reduction in the number of board members and a fixed allocation of responsibilities for each individual board member. The new 13-member Board of Directors was elected at the Annual General Meeting and shall commence its duties on 1 January 2020. It is composed as follows:

  • President: Mauricio De Vengoechea, Colombia

  • Treasurer: Melissa Cressey, USA

  • Secretary General: Matt Klink, USA

  • Vice President, Membership: Marilu Brajer, Argentina

  • Vice President, Conferences & Events: Crystal Martin, USA

  • Vice President, Fundraising: Wayne Johnson, USA

  • Vice President, Communications: Necati Özkan, Turkey

  • Vice President, Awards: Mina Jordeby, Sweden

  • Board Member, Membership: Marcel Wieder, Canada

  • Board Member, Conference & Events: Justino Pereira, Brazil

  • Board Member, Fundraising: Sal Russo, USA

  • Board Member, Communication: Kurtis Adigba, Nigeria

  • Board Member, Awards: Feyi Akindoyeni, Australia

 

Unforgettable impressions

All in all, the 52nd World Conference, which was staged for the first time on a river cruiser, offered unique impressions, both in regard to the speakers and the accompanying program. The discovery of such magnificent landscapes along the Danube shall also help the 52nd World Conference to long be remembered by all those who attended it. At this point we wish to express our special gratitude to all the participants and speakers, and in particular to Melissa Cressey as Program Chair, Sepp Hartinger as Conference Chair as well as to all our sponsors and the entire team of Hartinger Consulting for the implementation and organization of this event.

iapc-protests-hong-kong-1200x675.jpg

Quando a Associação Internacional de Consultores Políticos (IAPC) concedeu a Medalha da Democracia de 2018, o prêmio de democracia internacional mais antigo do mundo, a três proeminentes ativistas pela democracia de Hong Kong - Joshua Wong, Nathan Law e Alex Chow; jovens líderes estudantis do Movimento Umbrella - sabíamos que sua luta era importante.

Hoje, em Hong Kong, milhões de pessoas protestam para que seus direitos democráticos sejam protegidos. Infelizmente, Joshua Wong foi preso pela polícia de Hong Kong, juntamente com mais de 900 outros cidadãos de Hong Kong que protestavam contra a lei de extradição pendente, a brutalidade policial e a falta de sufrágio universal para eleições livres e justas em Hong Kong.

A IAPC condena veementemente esta repressão política em defesa do Estado de direito, dos direitos humanos e da liberdade de expressão. A IAPC convida o mundo a falar em nome de Hong Kong.

A atenção global e o protesto podem ser a única proteção que esse bravo povo de Hong Kong tem.

Clique para baixar a carta do presidente da IAPC, Mehmet Ural, para Carrie Lam - a executiva da região administrativa especial de Hong Kong - e o comunicado à imprensa da IAPC.

20664892_721979818010843_150714414472864

HONG KONG PROTESTS A TIMELY REMINDER THAT DEMOCRACY MATTERS

Quando a Associação Internacional de Consultores Políticos (IAPC) concedeu a Medalha da Democracia 2018 a três proeminentes ativistas pela democracia de Hong Kong - Joshua Wong, Nathan Law e Alex Chow, líderes estudantis do Movimento Umbrella - sabíamos que sua luta era importante.

Os mesmos jovens corajosos que hoje estão ajudando a inspirar outras pessoas em Hong Kong a lutar por seus direitos humanos foram homenageados na 51ª Conferência Mundial da CIPA em Sydney, Austrália, no ano passado.

“Milhões de pessoas em Hong Kong protestam hoje para ter seus direitos democráticos protegidos e estão vencendo em uma incrível demonstração de poder popular.” Declarou o presidente da IAPC, Mehmet Ural, “É importante reconhecer e celebrar as pessoas corajosas que arriscam a vida e a liberdade para proteger os direitos democráticos de muitos. O reconhecimento e a atenção global podem ser a única proteção que essas pessoas corajosas têm. ”

Em 2018, os membros internacionais da IAPC votaram para conceder o prêmio de democracia internacional mais antigo do mundo a Joshua Wong, Nathan Law e Alex Chow, jovens líderes estudantis do Movimento Umbrella de desobediência civil de Hong Kong, também conhecido como Occupy Central.

“O prêmio da Medalha pela Democracia da IAPC de 2018 reconheceu a coragem e persistência desses líderes estudantis em promover e sustentar a autonomia e as liberdades democráticas para Hong Kong em face do crescente controle político por parte das autoridades pró-Pequim.

“Como a expansão global da democracia recentemente vacilou contra as tendências populistas e autoritárias, sua missão democrática oferece um exemplo brilhante para os jovens cidadãos em todo o mundo seguirem”, disse Ural.

Joshua Wong e seus colegas iniciaram o protesto de 79 dias em Hong Kong a partir de setembro de 2014, a maior manifestação política na China desde a Praça Tiananmen.

Em agosto de 2017, Joshua Wong (na época com 21 anos), Nathan Law (24) e Alex Chow (27) foram condenados e presos por seis a oito meses por seus papéis nos estágios iniciais dos protestos de 2014, impedindo-os de concorrer a cargos políticos por cinco anos.

Mas, em uma vitória impressionante para os três jovens líderes da democracia, a mais alta corte de Hong Kong em fevereiro de 2018 anulou as sentenças de prisão do trio. Eles já haviam cumprido a pena de dois meses quando foram libertados sob fiança em novembro de 2017.

Apesar das penas de prisão, pressão política e agressões físicas, Joshua Wong e seus colegas permanecem desafiadores, continuando os esforços pacíficos dos líderes estudantis para alcançar o sufrágio universal e proteger a autonomia e as liberdades garantidas a Hong Kong na declaração conjunta sino-britânica.

Esta declaração devolveu Hong Kong ao domínio chinês em 1997, após 150 anos como uma colônia britânica sob o princípio de 'Um país, dois sistemas', permitindo que a ex-colônia mantivesse seu sistema político e econômico único com direitos de liberdade de expressão, imprensa livre e liberdade montagem garantida até 2047. Mas os críticos acusam Pequim de interferir cada vez mais nos assuntos da cidade e de seu governo seguir os limites de Pequim.

Outras informações:
Jon Gaul | +61 414 603 133

Suu-Kyi-1-crop.jpg

Nay Pyi Taw, Mianmar: Hoje, Aung San Suu Kyi, de Mianmar, recebeu seu certificado e medalha de bronze no Prêmio Democracia da Associação Internacional de Consultores Políticos (IAPC), que ganhou em 1995.

A Dra. Suu Kyi foi premiada com a Medalha da Democracia em 1995, entretanto, a organização não foi capaz de entregá-la a ela por causa de sua prisão domiciliar naquela época. Hoje, o ex-presidente Rick Ridder e o membro do IAPC Joannie Braden entregaram o certificado de premiação e a medalha de bronze ao Dr. Suu Kyi em uma cerimônia na capital de Mianmar.

Após a apresentação, o Sr. Ridder leu o seguinte:

A cada ano, em sua conferência anual, a Associação Internacional de Consultores Políticos concede sua Medalha da Democracia a um indivíduo ou organização que, no julgamento de seus membros, tenha trabalhado corajosamente para fomentar, promover e sustentar o processo democrático em qualquer lugar do mundo.

Uma representação polida da Acrópole está gravada em relevo na face da grande medalha de bronze. O verso contém o nome gravado do destinatário e o ano em que foi fornecido. Apropriadamente, o certificado que acompanha a Medalha inclui esta definição universalmente reconhecida de democracia.

Em 1995, a medalha da Democracia foi concedida a Aung Son Suu Kyi pelos membros da IAPC. Mas as circunstâncias impediram a entrega da medalha na época. Hoje, em nome dos membros da IAPC, o ex-presidente Bo Krogvig da Suécia e a atual presidente Nancy Todd dos EUA, tenho o prazer de apresentar a Medalha da Democracia da IAPC a Aung Son Suu Kyi de Mianmar, 22 anos depois.

A Dra. Suu Kyi, ao agradecer aos membros da CIPA, reiterou seu compromisso com a promoção da democracia e eleições livres e justas. “É um longo caminho”, explicou ela.